29 de out de 2009

Nem tudo o que contemplamos é aquilo o que vemos...que redundância...

Não julgue alguém pela aparência e se possível não julgue, procure conhecer as pessoas mais a fundo, elas têm muito mais a oferecer do que você imagina ;)

Precisamos entender que as primeiras impressões são as mais erradas, então não acredite na sua primeira visão, há muito engano com isso...na maioria das vezes perdemos várias pessoas julgando pela primeira impressão.

Generalizar também é conflitante... achar que metade das pessoas que fazem algo ,aquela outra pessoa também faz ou irá fazer...
o mundo é pequeno, e nele todos somos diferentes. Ninguém é juiz para julgar,até os juízes erram...imagina se eles já erram, pense como nós erramos e bem mais.
Quase sempre não damos chances para as pessoas mostrarem o que realmente são...pintamos um quadro de alguém meramente devido uma atitude que aos nossos olhos não achamos correto e esta visão permanece em nossas vistas não querendo mais se desfazer durante muito tempo ou para sempre...
Mas quando lançamos um segundo olhar as coisas conseguimos perceber o que antes não percebíamos, compreendendo que existe algo a mais para ser visto e que nem tudo é superfície...
às vezes esse olhar pode mudar toda uma situação, trazendo uma revelação tão profunda que muda todo o modo como enxergamos a vida...

Aos que vivem por Julgar Ostras...Oh,preciosidade oculta!Podre casca?
Pobre sentido!!!!

O segredo, a beleza está lá dentro...dentro de cada um...
somos a imagem e semelhança de um Deus Magnifico, lindo..que nos dar vida para vivermos da melhor forma possível, tendo paz uns com os outros e sendo benção na vida de todos...

Passamos desertos, vales...choramos, sorrimos, magoamos, somos magoados, mas nada é tão importante enquanto não reconhecermos que somos falhos , e termos a humildade de um dia pedir e aceitar o perdão... O Senhor se alegra com tal atitude...

Então...nunca julgue antes de conhecer verdadeiramente alguém, porque essa pessoa pode ser um tesouro e tanto para você!

:)

MeireTorres


Nenhum comentário:

Postar um comentário