9 de out de 2011

Que Tipo de Solo é Você?



"...Um semeador saiu a semear..." – Lucas 8:5 NKJV
A semente da Palavra de Deus é sempre produtiva. O solo do nosso coração é que nem sempre é produtivo. Na parábola do semeador, Jesus aborda os diferentes tipos de solo: 
1) Solo duro.
Nos tempos bíblicos, trilhas formavam um solo endurecido ao longo dos campos dos fazendeiros. Qualquer semente que caísse ali simplesmente murchava e morria. Tome cuidado, pois quando passarem por cima de você e o decepcionarem, você pode ficar endurecido; você pode desenvolver um escudo impenetrável, facilitando que Satanás venha e roube a semente da Palavra de Deus antes que ela tenha a chance de crescer. Mas a oração impedirá que isso aconteça, portanto "...façam sulcos no seu solo não arado, pois é hora de buscar o Senhor..." (Oséias 10:12 NVI).
2) Solo superficial.
Nos dias de Jesus, uma grande parte da terra que podia ser trabalhada era formada por apenas alguns centímetros de uma camada superficial de terra sobre rocha, sem espaço para a formação de raízes. Um mestre da Bíblia escreveu: "A superficialidade é a maldição desta era. Vivemos em um mundo de relacionamentos rasos, de conversas superficiais, e de momentos de oração apressada. Passamos de uma atividade espiritual a outra, sem construirmos nenhum sistema de raízes genuínas.
" 3) Solo entulhado.
Este solo era coberto de ervas daninhas. Não havia espaço para mais nada. A obstrução acontece com facilidade, e é perigosa por ser tão sutil. Você já reparou quantas vezes é bombardeado com garantias de que as coisas materiais lhe trarão felicidade? Como o fabricante de carros que anuncia "Você não pode comprar a felicidade, mas pode dirigi-la!" 

Faça uma análise do seu solo e arranque tudo que estiver impedindo o crescimento espiritual. Quando o seu coração estiver quebrantado, a sua devoção estiver aprofundada, e a sua vida estiver livre de entulhos, você será um solo bom que produz frutos para Deus. 

Fonte: palavraparahoje.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário