8 de fev de 2011

Como vai sua memória?



Como vai a sua memória? Anda devagar, quase parando? Você já está esquecendo nomes, compromissos e datas importantes? Os lapsos de memória não têm nada a ver com a idade e são cada vez mais freqüentes. Alguns fatores alteram a memória, tais como: Estresse, ansiedade e depressão, falta de vitamina B1 (tiamina), hipotireoidismo, sedentarismo com excesso de preocupações e insatisfações e dieta deficiente. Mas você pode fazer algumas coisas simples a fim de desenvolver a sua memória.
1. Faça tudo com atenção e concentração. Um neurologista afirmou: “A base de uma boa memória é a atenção. Se a pessoa está desatenta ou distraída, não fixa bem as informações. Desse modo, a capacidade de memorização também é menor. Geralmente, as pessoas mais esquecidas são também as mais distraídas.”
2. Desafie a sua memória. Anote tudo que você precisa fazer durante o dia, suas tarefas diárias e compromissos importantes, mas só consulte a lista em último caso. Ao anotar já estará memorizando.
3. Estimule a atividade mental. Leia bastante, decore versículos bíblicos, aprenda novas habilidades, faça palavras cruzadas, use jogos que desenvolvam a sua mente, memorize números de telefones e os números da sua carteira de identidade e CPF etc.
4. Alimentação apropriada. Algumas vitaminas são essenciais para o funcionamento apropriado da memória: Vitamina B12 (frutos do mar, algas, peixes, laticínios, grãos germinados, levedo, alface), vitamina B15 (amêndoa de damasco, arroz, grãos germinados, levedo), vitamina C (hortaliças e frutas: limão, laranja e cenoura), vitamina E (óleo de gérmen de trigo, grãos germinados, abacate, gema de ovo), colina (gema de ovo, espinafre cru, soja germinada, levedo, nozes), selênio (levedo, ovo, alho e cebola) e zinco (frutos do mar, peixe, laticínios, gérmen de trigo, levedo, maxixe).
5. Beba muita água. “A falta de água no corpo tem um efeito direto e profundo sobre a memória. A desidratação pode levar a confusão e outros problemas do pensamento.”
6. Durma o suficiente. Para conseguir uma boa memória é importante que durma bem. “Durante o sono profundo o cérebro se desconecta dos sentidos e processa, revisa e armazena a memória. A insônia leva a um estado de fadiga crônica e prejudica a habilidade de concentrar-se e armazenar informações.”
7. Faça exercícios físicos. Eles melhoram a capacidade respiratória, que, por sua vez, melhora o fluxo sangüíneo no cérebro, oferecendo maior oxigenação.
8. Evite a tensão e a ansiedade. A diminuição da tensão mental ajuda a manter uma boa atenção e conservação da memória.
Há muitas jovens com problemas de memória. Cuide bem da sua. Pesquisador da UNESP prova que a boa memória depende dos estímulos que o cérebro recebe.Você já sabe o que fazer. Comece já.

http://www.ufmbb.org.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário