17 de nov de 2010

Eis o meu coração Senhor...


Frustrada e confusa, ainda agarrando-me a uma forte fé que crê que as coisas poderiam e teriam sido diferentes, levantam-se pensamentos pesarosos de "se" e. Sem serem convidadas, dúvidas entram furtivamente.
Sentimentos de abandono, sozinha, fragilizada e desfalecendo, estou por um fio. Tudo parece perdido. Será que há esperança para mim neste deserto sem vida no qual estou exilada, de tudo que me era tão querido?
Sentimentos de exílio em minha alma,  a ponto de o senso de estar alienada da vida, de casa e das bençãos ameaça-me esmaga-me. O que me era muito precioso, me foi levado...Posso ainda esperar e confiar???

POSSO, EU AINDA CREIO...
No silêncio sufocante da desesperança, uma voz soa em meu coração. 
"Sim, é verdade, ouço uma voz de consolo, convocando, clamando, brandando..." Estou contigo e tenho te carregado em meus braços. Conheço tua dor e vou te dar vitória...

Seguir em frente, em meio ao luto, sofrimento e perda, exige que nossa fé e amor em Deus estejam em seu nível mais alto.
 JESUS DISSE:
" Eu Sou a ressurreição e a vida;quem crê em mim, ainda que esteja morto viverá. João 11.25
Não há esperança mais firme do que ter um relacionamento íntimo e amoroso com o Senhor e conhecê-lo como "ABA PAI".
CUIDA DE MIM meu Senhor, Pai e Meu Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário